quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

PM prende quarteto com arma municiada e droga na região central da cidade, em Itamaraju

O fato aconteceu na tarde desta quinta-feira (12) quando uma guarnição da 43ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) em ronda ostensivas  pelo centro da cidade suspeitaram de quatro pessoas no interior de um veículo.

Após ordenarem a parar, os policiais militares realizaram uma abordagem onde encontrado no interior do porta luvas do veiculo um revolver marca Taurus calibre 38, com cinco cartuchos intactos e uma bucha de maconha.
O quarteto foi apresentado na delegacia da Polícia Civil de Itamaraju onde foram identificados por, o pedreiro Paulo Sérgio Souza, 39 anos, Paulo Vitor de Oliveira Gama, 19 anos, Welton Santos dos Reis, 32 anos, vulto "Preto", e um Menor de 17 anos.

O caso segue a disposição do delegado Dr. Bernardo Marques e sua equipe. 
(por Lenio Cidreira)

Escondeu o corpo: Mãe é presa suspeita de matar filho homossexual a facadas

Mãe e padrasto de um adolescentes de 17 anos foram presos nesta quarta-feira, dia 11, após confessarem o crime no município de Cravinhos, no estado de São Paulo. Em entrevista, Dario Rosa, tio do menino afirmou que a mãe não aceitava a homossexualidade do filho, o que, para ele, teria sido o motivo do crime.

“Acho que a mãe tem que cuidar do filho e não fazer o que ela fez. Ele era um rapaz que trabalhava, era educado, era um menino, mas estava na fase de trabalhador”, disse o tio de Itaberli Lozano, que teve o corpo carbonizado após o crime.

A mãe de Itaberli, Tatiana Lozano, 32 anos, teria confessado o crime e dito que agiu em legítima defesa, atingido o filho com golpes de faca após uma briga. O tio da vítima contou ainda que as brigas entre mãe e filho eram comuns e que, no final do ano de 2016, ele teria ido morar com a avó por conta disso. Dias depois, o jovem retornou para casa, após receber uma ligação da mãe e desde então não foi mais visto.

“Chegou um carro em casa, ele entrou e saíram. Depois disso, minha mãe foi até a casa dele e perguntou. A mãe (Tatiana) disse que não sabia e falou que ele poderia estar morando na casa de algum amigo”, contou o tio do menino.
Mãe e padrasto são suspeitos de cometerem o crime
(Foto: Reprodução | Facebook)
Após o homicídio, o padrasto do adolescente, Alex Pereira, 30 anos, teria levado o corpo para um canavial, onde teria ateado fogo. Os restos mortais da vítima foram encontrados no dia 7 de janeiro.

Na delegacia, Tatiana teria dito que o filho estava usando drogas e tinha se tornado violento, o que, para o tio do adolescente, não era verdade. Ele contou ainda que suspeita que mais pessoas possam estar envolvidas no crime.

O advogado do casal, Fabiano Ravagnani Junior, pediu a justiça a liberdade provisória do casal. Os acusados vão responder por homicídio e ocultação de cadáver. Tatiana foi encaminhada para a cadeia de Cajuru, e Alex para a cadeia Santa Rosa de Viterbo, ambas em São Paulo. (Informações: G1)


Segue em estado grave o turista mineiro baleado após bater em moto no Prado

Revólver calibre 38 foi apreendido com o acusado
O turista Adélcio Teodoro dos Santos, de 48 anos, oriundo de Belo Horizonte-MG., foi baleado na madrugada do último domingo, dia 8 de janeiro, após bater o carro que conduzia numa moto, no município do Prado, sendo baleado no pescoço pelo motociclista Marcelo Silva dos Santos, que foi preso na última segunda-feira (9), na região da Praia de Guaratiba. A batida aconteceu próximo à via de acesso à Comunidade do Oiteiro, interior do município.

Nesta quinta-feira (12), o delegado Júlio César Telles, titular da Polícia Civil do Prado, disse que a vítima está internada em estado grave em um hospital de Teixeira de Freitas.

O suspeito preso em posse de um revólver 38 e munições calibres 22 e 32, segue custodiado na carceragem da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas. Conforme o delegado Júlio Teles, o suspeito voltava de uma vaquejada quando a moto quebrou e ele passou a empurrá-la na estrada. O motorista de um carro parou para ajudá-lo e, durante o socorro, o turista que também dirigia um veículo não percebeu a moto e ocorreu a colisão.

“Assim que houve a batida, o homem atirou logo. Pelo que a gente sabe nem teve discussão. Ainda não ouvimos o motorista do carro, mas a esposa dele também estava no veículo e foi ouvida. O homem que atirou confessou. Disse que voltava de uma festa e que estava alcoolizado”, relatou Teles.

O suspeito foi encontrado no imóvel onde trabalha como caseiro. Conforme a polícia, ele tentou esconder a arma usada para balear a vítima, calibre 38, dentro da casa do patrão. “Ele enrolou a arma em uma camisa, colocou em um balde, jogou restos de materiais de construção por cima, mas mesmo assim a gente encontrou a arma. Ele foi flagranteado por posse de arma e vai responder por tentativa de homicídio”, explicou.

O delegado informou ainda que a vítima e a mulher são mineiros, mas costumam visitar a Bahia para passeio. O turista, inclusive, comprou um imóvel em Prado. Quando a situação ocorreu, o casal deixava a cidade para voltar para Minas Gerais. (Da redação TN)

Teixeirense é presa com quatro quilos de maconha em Nova Viçosa

Foi presa no fim da manhã desta quinta-feira, dia 12 de janeiro, quando desembarcava de um ônibus em Nova Viçosa, Viviane de Jesus Lima, de 21 anos, moradora do Bairro Ulisses Guimarães, na região oeste de Teixeira de Freitas, em posse de quatro quilos de maconha em tabletes.

A prisão aconteceu durante uma operação de combate ao tráfico de drogas realizada pelas polícias Militar e Civil de Nova Viçosa. Acredita-se que a teixeirense tenha levado a droga para abastecer “bocas” da cidade, principalmente pelo aumento do tráfico com a chegado da alta estação.

Em seguida à prisão, Viviane de Jesus Lima, de 21 anos, foi levada à Delegacia da Polícia Civil de Nova Viçosa, onde foi ouvida e indiciada pelo delegado Maderson Dias, titular do município, por tráfico de entorpecentes, com base no Artigo 33, da Lei 11.343/2006. Como a Depol de Nova Viçosa não dispõe de celas específicas para mulheres, a hipótese mais provável é que a indiciada seja recambiada nos próximos dias ao Conjunto Penal de Teixeira de Freitas. (Por Ronildo Brito)


Nova coordenadora da 8ª Coorpin elege o combate ao tráfico de drogas como prioridade

A posse oficial da delegada Valéria Fonseca no comando da 8ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Teixeira de Freitas, deve acontecer na segunda quinzena desse mês de janeiro, mas antes disso, ela concedeu uma entrevista à imprensa de Eunápolis nesta quinta-feira (12), quando fez um breve relato de seu trabalho à frente da Polícia Civil do município e disse que o combate ao tráfico de drogas será também prioridade na sua nova empreitada.

A delegada Valéria Fonseca esteve por cerca de três anos comandando a 23ª Coorpin, período em que sempre foi elogiada por suas ações, principalmente equilíbrio. Quando assumir a coordenação da 8ª Coorpin, Valéria Fonseca comandará a Polícia Civil em Teixeira de Freitas e as demais cidades do baixo extremo sul, desde Itamaraju até Mucuri. (Da redação TN)

Corpo é encontrado dentro de cisterna em assentamento agrário de Mucuri

Na manhã desta quinta-feira, dia 12 de janeiro, após informações de moradores, policiais civis de Mucuri, liderados pelo delegado Samuel Martins, titular do município, foram ao Assentamento Paulo Freire, onde desconfiava-se da existência de uma pessoa morta dentro de uma cisterna.

Assim que os policiais aproximaram-se no local, já sentiram o intenso mau cheiro que exalava de dentro do buraco e logo depois trataram de acionar o Grupamento do Corpo de Bombeiros de Teixeira de Freitas (GBM).

Assim que os militares chegaram no lugar, usando técnica de rapel, escalaram a cisterna abandonada e em seu interior encontraram o corpo já em estado de decomposição. Logo depois o cadáver foi içado e removido ao Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), onde aguarda reconhecimento formal para ser necropsiado.

Nessa mesma região, encontra-se desaparecido Eujácio Lima dos Santos, de 27 anos, o que leva a crer que o corpo seja do jovem. Os parentes de Eujácio já foram acionados e vão comparecer ao IML, onde farão o reconhecimento. Um tio do desaparecido, que estava presente no momento da remoção do cadáver, confirmou a semelhança, mas devido ao estado de decomposição, talvez seja necessário o exame de arcada dentária. (Por Ronildo Brito)

MP apura possível ilegalidade no aumento dos salários de prefeito, vice, vereadores e secretários de Itamaraju

Promotor Tarcísio Robstei França, titular da 1ª Promotoria de Itamaraju
O Ministério Público Estadual (MPE), através do promotor Tarcísio Robstei França, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Itamaraju, instaurou Inquérito Civil para apurar eventual ilegalidade em um projeto aprovado pelo Legislativo Municipal, que concedeu aumento nos salários do prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários municipais. A aprovação aconteceu no ano passado e as novas regras já estão em vigor desde o dia primeiro de janeiro.

De acordo com o Ministério Público (MP), com base em posicionamentos adotados em outras cidades, o reajuste vai de encontro com o estabelecido pelo disposto no artigo 21, parágrafo único, da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que estabelece como “nulo de pleno direito o ato de que resulte aumento da despesa com pessoal expedido nos 180 dias anteriores ao final do mandato.

O inquérito foi aberto pelo promotor Tarcísio França, após denúncia realizada por um membro do grupo social “Fiscaliza Itamaraju”, após tomar conhecimento da aprovação do projeto de lei na Câmara Municipal, entre os meses de outubro e novembro de 2016, portanto fora do prazo mínimo estabelecido em lei.

O salário do prefeito por exemplo, que era de R$ 17 mil, passou para R$ 20 mil. O vice-prefeito recebia R$ 12 mil e agora passa a receber R$ 15 mil. Os secretários municipais tiveram os vencimentos mensais fixados em R$ 9 mil e os vereadores tiveram reajustados os salários de R$ 8 mil para R$ 10 mil. (Da redação TN)